10 pontos que podem fazer sua empresa quebrar

10 pontos que podem fazer sua empresa quebrar

Empreender é um desafio emocionante, é correr riscos calculados, é acreditar, criar e fazer acontecer, é se superar, cair e levantar, mas persistir, aprender com os erros e vibrar com os acertos.

Mas empreender as vezes pode ser assustador, o medo de se arriscar pode surgir e para isso busque informações, as técnicas, crie os controles e monitore seu negócio em cada etapa, assim você reduz seus riscos e as chances de acertos são maiores.

Mas o maior medo de um empreendedor é quebrar, portanto compartilhamos os 10 pontos que podem fazer sua empresa quebrar.

1. Não ter um plano de negócios
Muito comum empreendedores montarem e tocarem seus negócios seu um plano de negócio, sem análise de viabilidade, sem estudo do mercado e concorrentes, sem objetivos claros estabelecidos e por vezes acabam enfrentando desafios e precisam de tomadas de decisões emergenciais, decisões as quais são tomadas sem análises e que impactam negativamente seu negócio.

2. Não ouvir seus clientes
O feedback dos sesus clientes traz informações ricas para o seu negócio, portanto estabeleça uma relação próxima com seu cliente, ele é importante para o seu negócio e pra você. Seja mais que um fornecedor, seja um parceiro de negócio.

3. Falta de controle financeiro e previsibilidade (Cortar sempre pra não ter que cortar nunca)
Quando falamos de controle financeiro, os empreendedores se sentem cutucados, pois bem, todos acreditam ter, sejam em sistemas, planilhas ou na cabeça, mas o fato é que no momento de fazer uma análise de investimento, o fluxo de caixa ou um caixa reserva para alguma situação pontual que possa existir, nenhum desses controles trazem as informações atualizadas e completas. Acaba-se gastando energia num trabalho que não serve no momento em que se precisa.

4. Problemas com funcionários
Estabeleça uma cultura organização alinhada com os objetivos da sua empresa, tenha uma política de cargos e salários, responsabilidades de cada função da empresa e tenha metas claras.
Acompanhe, capacite e desenvolva os funcionários, mas se o comportamento, a técnica ou habilidade não estão de acordo com as funções definidas, substitua-o o quanto antes, através de um plano de substituição de profissional.

5. Não ser uma boa referência
Todos os funcionários observam seus superiores e pares como referências, portanto é necessário dar o bom exemplo sempre.

6. Deixar os problemas de lado
Não empurre pra debaixo do tapete e não espere que os problemas sejam solucionados sozinhos, haja enquanto é tempo, colete todas as informações, analise os riscos, tome a melhor decisão e execute-a. Acompanhe e monitore o resultado.

7. Vendas só com o vendedor
Nem todos os problemas de uma empresa é vendas, mas vender é importante.
Crie e estimule uma atmosfera de engajamento e comprometimento com seus funcionários, pois todos podem vender as soluções da sua empresa. Vendas é não somente a responsabilidade do vendedor.

8. Misturar as finanças da empresa com as pessoais
Este é um ponto delicado principalmente para empreendedores pequenos. Para a relação financeira do seu negócio e a pessoal andarem em harmonia, é necessário tratar de forma separada, pois pode chegar um momento que uma estará impactando a outra e você estar tão imerso a outras situações e acabar não enxergando o que está acontecendo.

9. Dependência de um só cliente
A famosa frase “colocar todos os ovos numa cesta só”. Não crie dependência em um cliente, não permita que mais de 60% de sua renda venha de um só lugar, pois a perda deste poderá abalar suas finanças e não ter tempo hábil pra se recuperar.

10. Achar que já sabe tudo e conquistou o mercado
Se sentir o sabe tudo, consagrado e líder de carteirinha em seu mercado podem te deixar cego e levá-lo rapidamente ao fracasso.

Não deixe sua empresa quebrar, entre em contato agora com a Efecta e faça sua empresa crescer de forma estruturada e saudável!

Share This